Correia 8V HY-T-Wedge continental


As correias HY-T-Wedge são construídas com matérias-primas de alta qualidade, possuem maiores áreas laterais de contato com as polias e maior vida útil em flexão. Isso garante:

Vantagens

– Maior transmissão de potência por correia;

– Menor quantidade de correias por transmissão;

– Uso de polias menores e mais leves;

– Transmissões mais compactas;

– Racionalização do espaço.

Características:

  1. O tecido sintético no topo da correia é impregnado com composto resistente a óleos Wingprene e é especialmente produzido para oferecer um aumento de flexibilidade.
  2. O elemento de tração é tratado pelo exclusivo processo 3T, que confere uma excelente adesão entre cordonéis e componentes, tornando-os muito mais resistentes à absorção de choques e aumentando a vida útil, proporcionando maior estabilidade dimensional da correia e maior transmissão da força.
  3. O elemento isolante funciona como elemento de ligação, proporcionando excelente adesão entre as camadas inferior e superior, e também dos elementos de tração.
  4. O corpo de borracha, tipo WINGPRENE, resistente ao calor, com reforço de fibras, proporciona resistência à compressão. Ele é constituído de materiais preparados para oferecer flexibilidade às correias.
  5. Os dentes moldados proporcionam maior flexibilidade e dissipam melhor o calor, permitindo o uso em polias de menores diâmetros.
  6. As bordas cortadas proporcionam um alto coeficiente de fricção entre as faces internas das polias e externas da correia, reduzindo o deslizamento.

As correias Hy-T-Wedge possuem os perfis 3V, 5V e 8V. Sua construção pode ser envelope na qual o comprimento externo é acima de 120” ou dentes moldados na qual o comprimento externo é abaixo de 118”(inclusive). Para diferenciar uma construção da outra a letra X foi acrescentada no código após a determinação do perfil das correias dentadas.


Exemplo: 3VX 5603V – Perfil do tipo 3VX – determina a construção de dentes moldados abaixo de 118”
560 – Comprimento externo = 56″


Largura do canal com perfil standard e com canal profundo
Largura: Sg (Ng -1) + 2Se
Onde: Ng = Número de Canais



Correia 
é o elemento flexível, que pode ser composta de vários materiais e formas, responsável pela transmissão de rotação entre duas árvores paralelas ou reversas. Em sua forma mais simples, a transmissão por correias lisa 8V é composta por um par de polias, uma motriz (fixada ao eixo motor) e outra resistente. A transmissão por correia 8V é bem adequada para utilizações em que a distância entre eixos rotativos é grande, e é usualmente mais simples e mais econômica que as outras formas alternativas de transmissão de potência. a transmissão por correia frequentemente elimina a necessidade de um arranjo mais complicado de engrenagens, mancais e eixos. Com discernimento apropriado fácil reposição e, em muitos casos, em função da sua flexibilidade e capacidade de amortecimento, reduzem a transmissão de choques mecânicos e vibrações espúrias entre eixos. A transmissão de potência no conjunto só é possível quando existir atrito entre polia e correia 8v, e o mesmo é obtido através de uma tensão inicial uniforme entre o conjunto. Quando em funcionamento essa tensão desaparece, não fica uniforme e observa-se que enquanto um lado fica tensionado o outro fica frouxo, causando consideravelmente uma deformação na correia ("creep").De forma mais simples essa deformação pode ser explicada: um lado estica e o outro comprime(volta ao estado inicial). Outro fenômeno que pode acontecer em correias é o "deslize" cuja principal causa é uma tensão inicial insuficiente e/ou sobrecarga no eixo resistente, não dando o atrito necessário entre o conjunto (polia e correia). O fenômeno creep é inevitável, já o deslize pode ser evitado com a aplicação de uma tensão inicial correta na correia 8v. Correia 8V lisa na mecânica, é uma cinta de material flexível, normalmente feita de camadas de lonas e borracha vulcanizada, que serve para transmitir a força e movimento de uma polia ou engrenagem para outras. As correias em V são elementos de transmissão clássicos para transmissão não positiva de binários. As correias em V estão sujeitas a envelhecimento e desgaste. Por essa razão, têm de ser controladas e substituídas a intervalos regulares.  Esta correia 8V é geralmente aplicada em Sistemas de transmissão de potência em geral para o mercado industrial.

Aplicação: 

Excelente Transmissão para pequenos espaços.

A correia 5V é aplicada em sistemas de transmissão de potência em geral, principalmente onde o espaço, peso e potência são críticos.

Medidas da Correia 8V


NormaLargura(mm)Altura(mm)ÂnguloMáximo Número
de frisos
Passo(mm)
MPTA-RMA-RAC IP-22161440°NÃO SE APLICANÃO SE AP
"As informações técnicas desta correia em v contidas nestas páginas sobre o perfil 8V são de responsabilidade do fabricante. Os dados da correia acima são para referência de consulta. Para cada aplicação específica desta correia em V são necessários testes individuais, para determinação das suas efetivas características e propriedades".

Características e Vantagens da Correia:

Esta correia bem como a Correia 5V é produzidas para atender a transmissões com espaços reduzidos e também proporciona  transmissões de alta rotação e motores potentes correias de perfis menores que as convencionais.

Correia  em V Perfil 8V
REF. DA 
CORREIA
C.D.
( pol. )( mm. )

8V1060

106

2692

8V1120

112

2845

8V1180

118

2997

8V1250

125

3175

8V1320

132

3353

8V1400

140

3556

8V1500

150

3810

8V1600

160

4064

8V1700

170

4318

8V1800

180

4572

8V1900

190

4826

8V2000

200

5080

8V2120

212

5385

8V2240

224

5690

8V2300

230

5842

8V2360

236

5994

8V2500

250

6350

8V2650

265

6731

8V2800

280

7112

8V3000

300

7620

8V3150

315

8001

8V3350

335

8509

8V3550

355

9017

8V3750

375

9525

8V4000

400

10160

8V4250

425

10795

8V4500

450

11430

8V4750

475

12065

8V5000

500

12700

8V5600

560

14224